FLIP 2016 | Bernardo Carvalho causa polêmica em declaração

16184242

O escritor e colunista da Folha, Bernardo Carvalho, autor de ‘Reprodução‘ causou polêmica na tarde deste sábado (02/07)  na 14ª Flip (Festa Literária Internacional de Paraty).

Dividindo a mesa “Literatura Hoje: por quê, para quê e para quem?”  na Casa Folha com o Benjamin Moser, pesquisador e biógrafo de Clarice Lispector, Carvalho afirmou que o problema do mercado literário é que a demanda (o que os leitores querem) contamina a produção (o que se publica), prejudicando assim a qualidade da literatura.

Mas o ponto alto foi a declaração do autor, respondendo ao questionamento temático da mesa, afirmou “Não me interessa se o leitor lê ou não lê; eu quero que se foda. O que eu quero é fazer minha literatura. A declaração se espalhou rapidamente pelas redes sociais e provocou opiniões mistas.

Moser já foi mais comedido em sua opinião: “é uma responsabilidade nossa –escritores, jornalistas, professores– chegar às pessoas, levar a elas uma ‘literatura difícil’“. O autor deve lançar em 2017 a biografia da escritora Susan Sontag.



Deixe seu comentário:

Compartilhe: