Resenha | Caça ao Tesouro, de Sara Shepard

Minhas amigas e eu criamos o jogo da mentira. Agora minha irmã gêmea está vivendo a mentira na pele. Quando eu estava viva, minha família parecia perfeita. Meus pais adotivos me adoravam, e minha irmã mais nova, Laurel, imitava tudo o que eu fazia. Mas agora que Emma, minha irmã gêmea desconhecida, tomou meu lugar para solucionar meu assassinato, ambas estamos descobrindo como minha família é problemática. Laurel está agindo estranho com Emma e saindo escondida com meu ex-namorado. E meus pais guardam um enorme segredo será que é por isso que estou morta? Até onde vão para manter a verdade enterrada? Ninguém pode me prejudicar agora, mas Emma ainda está na mira. E, se ela não tomar cuidado, também acabará debaixo da terra…

Neste livro Emma continua em busca de respostas sobre o que teria acontecido a sua irmã gêmea Sutton. Conforme Emma vai buscando respostas enquanto se passa por sua irmã mais ela destrói a imagem de família perfeita que um dia ela sonhou em ter.

Caça ao TesouroA cada livro que passa mais pessoas viram suspeitas, visto que Sutton também começa a ter novos flashes do que teria acontecido. Com isso, passamos a ter como suspeitos até mesmo pessoas que antes acreditávamos estar do lado de Emma.

Faltando apenas dois livros para o fim e tendo uma imensa lista de suspeitos, Sara Shepard não deixa nenhuma brecha para que possamos previamente descobrir quem será o assassino. Sendo bem sincero e utilizando o pouco conhecimento que tenho sobre a escrita de Shepard, acredito até que o assassino ainda nem tenha sido explicitamente apresentado.

Diante destes enigmas existentes só nos resta aguardar pelos próximos livros e acompanhar o desfecho desta intrigante série muito bem escrita.

Por Adalberto Cabral

 

Ficha Técnica

Título Original: Hide and Seek
Ano: 
2015
Páginas:
272
Tradução: Joana Faro
Editora: Rocco – selo Jovens Leitores

Fique por dentro deste e de todos os lançamentos da Editora Rocco. Acesse:

Site: http://www.rocco.com.br/
Facebook: https://www.facebook.com/editrocco
Twitter: https://twitter.com/editorarocco



Deixe seu comentário:

Compartilhe: